Militantes reforçam apoio ao MST no Sul do Paraná

Dirigentes do PCB em Ponta Grossa visitaram o Assentamento Rondon III, no município de Bituruna, na região sul do Paraná. A ação política aconteceu nos dias 14 e 15 de setembro. O assentamento é coordenado pelo MST desde 1988, sendo o primeiro no enfrentamento do latifúndio madeireiro da região.

A área de 1300 hectares abriga 106 famílias, organizadas em grupos. Elas produzem mel, suco, doces, frutas, erva-mate e outros produtos básicos para sua alimentação, assim como criam animais para carne leite e ovos.

A área possui dois barracões onde funcionam  as agroindústrias  e comercialização, num sistema  cooperativista gerenciado pelos agricultores. “Reforçamos o apoio às lideranças que participam desde início desse processo de resistência ao poder e ao capitalismo”, afirmou Eugenio Francisco da Rosa, do Comitê Municipal do PCB em Ponta Grossa.