ADEUS CAMARADA! Homenagem na Gazeta Maringaense.


A esquerda teve um grande desfalque, e os (ainda) comunistas perderam um de seus melhores quadros. Morreu o velho camarada Espedito Rocha. O Paraná perdeu um de seus mais ilustres habitantes, e os antigos militantes ficaram órfãos.
Espedito foi um dos fundadores do movimento sindical de lutas. Em uma época em que os dirigentes sindicais lambiam as botas dos militares, ele já fazia a diferença e deixava claro de que lado estava, sempre marcando posição e sua opção pelos trabalhadores.
Dizia-se ateu mais praticava todos os ensinamentos de Cristo bem mais do que a maioria dos que o condenavam por não ter religião.
Usou a voz como ninguém para denunciar os abusos da ditadura, o regime de exceção, a falta de liberdade de expressão, ao mesmo tempo em que atuava na organização de trabalhadores.
Espedito não era um homem letrado, um intelectual, mas falava de igual para igual com qualquer professor universitário sobre Marxismo/Leninismo e sobre o leste Europeu, sobre a revolução Bolchevique.
Foram homens como o velho comunista Espedito que me ensinaram a gostar de movimentos populares e até política partidária.
Descanse em paz, camarada! Sua luta continua com alguns. E para concluir, parafraseio o libertário Che Guevara, do qual você tanto gostava “Os poderosos podem matar uma, duas ou até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera”.

Antonio Santiago 

Serviço
PCB Foz do Iguaçu
www.pcbparana.blogspot.com
E-mail: pcbparana@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.